< Back
Junho 1, 2020

Como tornar a procura de emprego mais eficaz

3 dicas para te ajudar a conseguires o trabalho que queres e precisas numa época de incerteza
empregos TIitjobsjobhuntingprocura de empregorecrutamento

Escrito por:

Joana Ochôa

Com a rápida propagação do novo coronavírus, muitos negócios tiveram que se ajustar à nova realidade, e ultrapassar os desafios associados ao trabalho remoto. Além disso, o encerramento de vários serviços nas cidades trouxe algumas dificuldades para aqueles que estão à procura de um novo trabalho.

Segundo este relatório de mercado do Glassdoor de março de 2020, muitas empresas estão a suspender ou a abrandar a procura de candidatos.

Source: Glassdoor

No entanto, há também um número crescente de vagas de emprego na indústria tecnológica (aumento de 0,5%). Isto significa que, se estiveres à procura de um trabalho em tecnologia, este é o momento certo para continuares a tua pesquisa.

Inúmeras empresas de TI, como a Growin, continuam a contratar. A realidade é que a Growin não só tem a sua equipa ainda a trabalhar de forma 100% remota, como também está ativamente à procura de novos talentos para se juntarem à equipa. Os nossos IT Recruiters apenas substituíram as entrevistas presenciais por entrevistas via Skype/Zoom/Hangouts.

Neste artigo, vamos partilhar dicas para que possas colocar em prática e conseguir a nova oportunidade que procuras e ambicionas, mesmo numa época de incerteza.

1. Atualiza o teu CV

A primeira coisa que precisas de fazer é atualizar o teu currículo. Afinal de contas, este é o teu bilhete de entrada para conseguires uma entrevista. Confirma se a informação que incluiste está correta e é relevante para a oferta a que estás a candidatar-te e apresenta-a de forma apelativa. Se as tuas skills de design forem limitadas, podes recorrer a inúmeras ferramentas/plataformas que te podem ajudar a criar um CV atrativo e bem estruturado (como o: Canva).

Garante que tens toda a tua experiência profissional importante (não é preciso mencionar aquele trabalho do verão de 2017 no café do bairro). Inclui referências à tua formação académica e outros cursos/workshops complementares, assim como as tuas capacidades técnicas e pessoais. Prepara também uma carta motivacional ou um email de candidatura específicos para cada oferta de emprego a que te candidates.

Outra dica importante: continua a trabalhar no teu CV. Isto significa que deves continuar a investir na tua formação e valorização profissional. Há vários recursos disponíveis (workshops, webinares, etc.) e até aulas online a que podes assistir. Faz alguma pesquisa e escolhe aqueles que se adequam mais aos teus interesses e perspetivas de carreira.

2. Investiga quem está a contratar e para quê

Em segundo lugar, deves pesquisar quem está a contratar, para que posições, e se a oferta vai ao encontro dos teus interesses e/ou necessidades. Escolhe a que empresas te queres candidatar, e não invistas o tempo a enviar o teu CV para vagas de emprego que não são realmente o que procuras. Aplica o teu esforço naquelas que realmente queres conquistar. E, se quiseres monitorizar todos as tuas candidaturas, podes sempre criar um documento de Excel e registar todas as interações e iniciativas tomadas. Desta forma, conseguirás saber que empresas já contactaste, quando, a oferta a que te candidataste, com que versão do teu currículo, e qual é o estado do processo de recrutamento.

Para te ajudar a compreender melhor que empresas são as mais indicadas para ti, vai ao website e visita as redes sociais em que estão presentes, especialmente noy LinkedIn. É aqui que vais encontrar informação valiosa sobre as suas iniciativas internas e sobre as ofertas de emprego que têm disponíveis. Não tenhas receio de interagir com a equipa interna! Pode ser útil para te destacares de outros candidatos. Podes ainda verificar as tuas ligações no LinkedIn e ver se tens ligações em comum que trabalhem na empresa a que te vais candidatar. Desta maneira podes pedir-lhes referências, conselhos e até partilhar algumas ideias.

Além disso, esta é uma boa maneira para ficares a saber mais sobre como é trabalhar na empresa – e se será um bom match para ti. Podes ainda ler algumas reviews de colaboradores, em plataformas como o Glassdoor. Aqui, podes ter acesso a testemunhos de outros candidatos e até ex-colaboradores sobre como a empresa funciona (pontos fortes, pontos fracos, entrevistas, etc.). É importante recolheres o máximo de informação possível, mas lembra-te de recorrer a várias fontes e ser crítico na análise. Toda esta informação apoiará a tua tomada de decisão (e pode inclusivamente dar-te pistas de perguntas para a entrevista).

Encontra aqui as 5 principais dicas para seres um expert em entrevistas online.

3. Sê um membro ativo nas tuas redes sociais

Se não costumas interagir muito nas tuas redes sociais, esta é uma excelente oportunidade para investires mais tempo e energia nessa área. Ter uma presença forte no LinkedIn, por exemplo, pode ajudar-te a conhecer a pessoa certa para te ajudar a crescer pessoal e profissionalmente.

Partilha as tuas conquistas (ex: certificado do curso que acabaste recentemente), os teus pensamentos, ou até artigos/notícias que tenhas achado interessantes. Podes interagir através de likes, comentários, e até enviar mensagens às pessoas com quem estás conectado. Apesar de ser desaconselhado estarmos fisicamente presentes em eventos, isso não significa que não possamos interagir uns com os outros. Procura em comunidades e/ou eventos online onde possas fazer networking ou simplesmente partilhar ideias.

Não te esqueças que tens uma marca pessoal e investir nela pode trazer-te inúmeras oportunidades, dependendo dos objetivos que estabeleceres. Mesmo que estejas em casa, isso não significa que a conquista do teu emprego de sonho não é possível. Afinal de contas, esta é uma outra forma de mostrares à tua rede de contactos (família, amigos, ex-colegas, etc.) quem realmente és. Aproveita esta altura para reforçar a tua imagem profissional nos meios digitais.

Por último, mas não menos importante...

Lembra-te que, durante todo este processo de procura de emprego, estás a definir quem és enquanto profissional, por isso sê fiel a ti mesmo(a). As empresas valorizam a transparência e a honestidade nos candidatos. Afinal, vão escolher-te pelo que és, e pela forma como te enquadras na cultura da empresa.

Prepara-te, sê flexível, investe tempo, e confia em ti e nas tuas capacidades. Estás agora mais bem preparado(a) para procurar novas oportunidades e crescer profissionalmente.

Se estás à procura de um novo desafio tecnológico, podes sempre verificar as nossas ofertas de emprego aqui. Estamos sempre à procura de pessoas talentosas para se juntarem à nossa equipa.

Sobre o Autor

Joana Ochôa, Content Coordinator

Sou uma jovem trabalhadora e incapaz de estar quieta, que adora pandas e que não resiste a um pedaço de chocolate. Os meus maiores sonhos são: ser mãe (um dia), percorrer o mundo, escrever e publicar livros e deixar a minha marca no mundo.

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


×

Hello!

Click below to speak to one of our team members.

× How can we help?